Skip to main content
Impulso News

Como se comunicar sem ser rude?

Impulso News • Edição nº

Opa! 👋 – Mira aqui.

Excelente manhã de segunda-feira para 1250+ Líderes de Alto Impacto!

Aqui vai uma ação concreta para você liderar com alta performance, sem burnout.

A edição de hoje leva pouco mais de 4 minutos para ser lida, ok?

Aproveite!

Na edição de hoje irei bem direto ao ponto.

Vamos lá?

É natural mantermos um tom de voz pacífico e respeitoso em conversas tranquilas e positivas.

Mas em conversas mais tensas, manter a calma pode ser mais difícil, essa é a hora de tomarmos cuidado para não deixar vir à tona um comportamento mais reativo ou, até mesmo, rude.

Na Impulso, nós temos a cultura de feedbacks imediatos. Não esperamos para elogiar, ou dar um um retorno importante, seja de líder para as pessoas que lidera, seja o contrário, ou até mesmo entre pares.

Isso gera insights preciosos, que trazem melhorias nos processos e mudanças no comportamento.

Porém, independente da cultura da empresa, a comunicação precisa ser assertiva. Não importa se a conversa é presencial, por vídeo chamada, áudio ou escrita.

O objetivo é ser compreendido pela outra parte e receber algo dela, seja que ela cumpra uma tarefa, entenda o feedback, mude o prazo de uma entrega, etc.

E algumas conversas vão ser naturalmente mais confortáveis que outras. Mas todas elas precisam de:

  • clareza;
  • objetividade;
  • calma e o respeito.

Isso influencia no clima e no desfecho da conversa e também em como a outra pessoa que está te ouvindo recebe o “não”, a crítica ou seja qual for a informação.

E além do mais, como já falamos aqui em outras edições da Newsletter Líder de Alto Impacto, as pessoas do seu time vão se inspirar em você. Se você se comunica bem, elas vão buscar fazer o mesmo.

Do contrário, as demandas podem não ser compreendidas e nem atendidas, você pode se irritar com isso, ou as outras pessoas do time também e ainda alimentar um ciclo vicioso de mal entendidos e ruídos.

O que pode gerar outros problemas como a falta de confiança, centralização de tarefas e resultados ruins.

Além disso, pode gerar uma ambiente tóxico, ou até mesmo acabar em burnoutpara você ou para as pessoas dos seus times.

Fiz uma lista de itens que me ajudam a ter uma comunicação mais direcionada e efetiva na minha rotina:

  • Preparação para as conversas mais difíceis;
  • Manter abertura para novas e diferentes perspectivas;
  • Entender que receber ou dar um “não” a uma ideia, não significa dar ou receber um não a alguém;
  • Lembrar de respirar, em situações de conflito (já falei sobre isso outras vezes).

Desta forma consigo falar sem melindres, ser ouvido e ouvir também.

 Reflita se você, como líder, no dia a dia, tem lidado bem com isso e se tem inspirado as pessoas a terem também uma comunicação precisa, tranquila e respeitosa! 😉

Isso é tudo por hoje. Uma ação concreta para você!

Se não estiver obtendo valor dos meus e-mails, considere cancelar sua inscrição.

Não vou ficar chateado, ok?

Por outro lado, se está gostando, o melhor elogio que pode me fazer é compartilhar a News Líder de Alto Impacto com uma pessoa que você acha que se beneficiaria dos meus conteúdos.

Até semana que vem!

Grande abraço,

Mira

Para ler, seguir e avançar

Think Again: The Power of Knowing What You Don’t Know


Adam Grant é um dos escritores que mais admiro, e neste livro, ele traz a ideia de repensar suas opiniões, como uma vantagem num mundo que muda rapidamente.

Ele afirma que líderes que admitem não saber algo, lideram times mais inovadores e produtivos.

Crescimento do seu time em 3 semanas


O serviço da Impulso de extensão gerenciada faz a montagem e alocação de times de tecnologia, permitindo que empresas cresçam em apenas 3 semanas.

Ele funciona em 3 etapas e serve para alocar qualquer stack e qualquer perfil.

Por Impulso

Conteúdos sobre Inovação, Liderança, Transformação Digital e Business Agility, escritos e selecionados especialmente pelas lideranças da Impulso.

Assine minha lista
Ao assinar você estará concordando com nossa Política de Privacidade.